Localizada na cidade de Alfredo Vasconcelos, Minas Gerais a COOPRAV - Cooperativa Agropecuária dos Produtores Rurais de Alfredo Vasconcelos iniciou suas atividades no ano de 2002 e adotando boas práticas agrícolas em conformidade com normas e certificações brasileiras consolidou suas atividades de produção e comércio de frutas conquistando a confiança de cooperados, parceiros e distribuidores. A COOPRAV conta com uma rede de mais de 60 famílias cooperadas distribuídas no perímetro rural do município de Alfredo Vasconcelos, estabelecendo zonas de plantio e cultivares para uma produção anual que ultrapassa o volume de X toneladas.

Visando a segurança alimentar, a saúde do trabalhador, do consumidor e a preservação ambiental, a COOPRAV destaca-se pelo intenso investimento, estruturação e monitoramento de sua cadeia produtiva, do plantio e colheita à seleção e distribuição de seus frutos. Desenvolvendo a capacitação contínua de produtores e funcionários, o monitoramento de pragas e doenças, o uso racional de insumos, adubos, água e agroquímicos, a COOPRAV estabelece um plano de gestão ambiental que envolve um criterioso sistema de controle de campo e adoção de boas práticas agrícolas destacando a responsabilidade social para os processos de plantio e colheita em conformidade com normativas técnicas e metodologias agrícolas brasileiras.

Distâncias em quilômetros a partir do município de Alfredo Vasconcelos.

Belo Horizonte - 170 Km
Barbacena - 12 Km
Tirandentes - 61 Km
Juiz de Fora - 106 Km
Rio de Janeiro - 286 Km
São Paulo - 538 Km
Vitória - 545 Km

COOPRAV - Cooperativa Agropecuária dos Produtores Rurais de Alfredo Vasconcelos.

CNPJ: 12.498.810/0001-07.
Inscrição Estadual: 001.65.212.0062
Rua Catarina Bianchetti 302 - A. CEP: 32.272-000
Alfredo Vasconcelos - Minas Gerais.

Rastreabilidade.

A COOPRAV aplica em sua gestão de produção os processos de rastreabilidade que estabelecem critérios internos e controle de qualidade para os frutos da cooperativa.  Você poderá ter acesso a rastreabilidade de nossos produtos via código QR-Code ou caracteres alfanuméricos nas etiquetas da FRUTEIRA FRUTANO.

Atualmente a rastreabilidade representa a possibilidade de o consumidor conhecer “a vida pregressa” dos produtos e identificar os possíveis perigos à saúde coletiva a que foram expostos durante a sua produção e distribuição. Esses registros permitem identificar até mesmo a origem das matérias-primas e insumos utilizados na produção.

Os registros gerados pela indústria devem respeitar o princípio da rastreabilidade conhecido como “um passo à frente, um passo atrás”, permitindo a identificação da cadeia produtiva e processos que envolvem o produto final.

No Brasil, os requisitos básicos à rastreabilidade, como documentação e registros, estão previstos no item 7.7 do Regulamento Técnico sobre as Condições Higiênico-sanitárias e de Boas Práticas de Elaboração para Estabelecimentos Elaboradores/Industrializadores de Alimentos, aprovado pela Portaria 368/1997, do Ministério da Agricultura.